terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Mailing List CGEX - Comunicado 003/2017 - Relatório de Drawback referente ao mês de DEZEMBRo de 2016

  1. DESTAQUES DO PERÍODO
 
 
  • Em dezembro de 2016, as exportações com drawback suspensão somaram US$ 3,44 bilhões, equivalentes a 21,6% do total exportado no período. As importações atingiram US$ 634,17 milhões, 5,5% do total importado no período. As compras do mercado interno somaram US$ 8,14 milhões, o que representa 1,3% do total de insumo adquiridos ao amparo do drawback suspensão;
  • De janeiro a dezembro de 2016, as exportações com drawback atingiram US$ 36,06 bilhões, o que representa 19,5% do total exportado no período. No mesmo período, as importações com drawback atingiram US$ 6,9 bilhões, correspondendo a 5% do total importado. As compras de mercado interno via drawback alcançaram US$ 182,58 milhões, correspondendo a 2,6% do total de insumos comprados via regime;
  • No mês de dezembro de 2016, as exportações com drawback por fator agregado compuseram- se da seguinte forma: 52,9% referentes a produtos manufaturados; 26,2% a produtos básicos; e 20,9% a produtos semimanufaturados. Em relação às importações com drawback por fator agregado, 50,4% compuseram-se de manufaturados, 43,4% de produtos básicos e 6,2% de semimanufaturados. As compras no mercado interno com drawback em dezembro de 2016 corresponderam a 93% de produtos manufaturados, 6,9% de básicos e 0,1% de semimanufaturados;
  • De acordo com a Pauta de Produtos de Exportação (PPE), os produtos mais exportados utilizando-se o drawback suspensão, em dezembro de 2016, foram Minérios de ferro e seus concentrados e carne de frango congelada, fresca ou refrigerada, incluído miúdos. Os produtos mais importados, classificados de acordo com a Pauta de Produtos de Importação (PPI) foram Hulhas, mesmo em pó, mas não aglomeradas e Coques e semicoques de hulha, de linhita ou de turfa, etc. Para compras no mercado interno, destaca-se tubos de ferro fundido, ferro ou aço e seus acessórios;
  • Com relação à agregação de valor no mês de dezembro de 2016, o índice médio das importações/exportações foi 18,4%, e o índice médio de compras no mercado interno/exportações foi 0,2%;
 
 
  • Em dezembro de 2016, as reposições de estoques de insumos importados e adquiridos no mercado interno amparadas pelo regime de drawback isenção, cursadas no sistema drawback isenção web, atingiram US$ 84,2 milhões;
  • No período em questão, 1.067 empresas exportaram ao amparo do drawback suspensão.
 
 
Atenciosamente,
 
 
 
Coordenação-Geral de Exportação e Drawback - CGEX
Departamento Operações de Comércio Exterior - DECEX
Secretaria de Comércio Exterior - SECEX
(: +55 (61) 2027- 7429/8279
* EQN 102/103, Lote 1, Asa Norte
Brasília (DF), CEP 70722-400
 
 
 
 
 

Mailing List CGEX - Comunicado 002/2017 - Relatório de Drawback referente ao mês de NOVEMBRO de 2016

  1. DESTAQUES DO PERÍODO
 
 
  • Em novembro de 2016, as exportações com drawback suspensão somaram US$ 3,1 bilhões, equivalentes a 19,2% do total exportado no período. As importações atingiram US$ 471,3 milhões, 4,1% do total importado no período. As compras do mercado interno somaram US$ 8,51 milhões, o que representa 1,8% do total de insumo adquiridos ao amparo do drawback suspensão;
  • De janeiro a novembro de 2016, as exportações com drawback atingiram US$ 32,6 bilhões, o que representa 19,3% do total exportado no período. No mesmo período, as importações com drawback atingiram US$ 6,27 bilhões, correspondendo a 5% do total importado. Quanto às compras de mercado interno, nos onze primeiros meses de 2016, as compras no mercado interno via drawback alcançaram US$ 174,4 milhões, correspondendo a 2,7% do total de insumos comprados via regime;
  • No mês de novembro de 2016, as exportações com drawback por fator agregado compuseram- se da seguinte forma: 53,7% referentes a produtos manufaturados; 22,9% a produtos básicos; e 23,5% a produtos semimanufaturados. Em relação às importações com drawback por fator agregado, 55,9% compuseram-se de manufaturados, 37,2% de produtos básicos e 7% de semimanufaturados. As compras no mercado interno com drawback em novembro de 2016 corresponderam a 90,7% de produtos manufaturados, 8,1% de básicos e 8,6% de semimanufaturados;
  • De acordo com a Pauta de Produtos de Exportação (PPE), os produtos mais exportados utilizando-se o drawback suspensão, em novembro de 2016, foram Carne de frango congelada, fresca ou refrigerada, incluído miúdos e Automóveis de passageiros. Os produtos mais importados, classificados de acordo com a Pauta de Produtos de Importação (PPI) foram Hulhas, mesmo em pó, mas não aglomeradas. Para compras no mercado interno, destaca-se Perfis e fios, de ferro ou aços;
  • Com relação à agregação de valor no mês de novembro de 2016, o índice médio das importações/exportações foi 15,1%, e o índice médio de compras no mercado interno/exportações foi 0,3%;
 
 
  • Em novembro de 2016, as reposições de estoques de insumos importados e adquiridos no mercado interno amparadas pelo regime de drawback isenção, cursadas no sistema drawback isenção web, atingiram US$ 62,3 milhões;
  • No período em questão, 1.058 empresas exportaram ao amparo do drawback suspensão.
 
 
Atenciosamente,
 
 
 
Coordenação-Geral de Exportação e Drawback - CGEX
Departamento Operações de Comércio Exterior - DECEX
Secretaria de Comércio Exterior - SECEX
(: +55 (61) 2027- 7429/8279
* EQN 102/103, Lote 1, Asa Norte
Brasília (DF), CEP 70722-400
 
 
 
 
 

16/01/2017 - Notícia Siscomex Importação n° 005/2017 - Informa a manutenção dos tratamentos administrativos SH 2017 - Informamos que, com a entrada em vigor da Resolução Camex n° 125/2016 em 01/01/2017, os tratamentos administrativos dispensados às NCM

16/01/2017 – Notícia Siscomex Importação n° 005/2017

Informa a manutenção dos tratamentos administrativos SH 2017

Informamos que, com  a entrada em vigor da Resolução Camex n° 125/2016 em 01/01/2017, os tratamentos administrativos dispensados às NCM no SH 2012 foram mantidos para as NCM correspondentes do SH 2017.

Eventuais alterações no tratamento administrativo serão oportunamente informadas pelo DECEX.

A correlação entre as NCM SH 2012 e NCM SH 2017 pode ser verificada no seguinte link: http://www.mdic.gov.br/comercio-exterior/estatisticas-de-comercio-exterior-9/arquivos-atuais

 

Departamento de Operações de Comércio Exterior

 
 
Atenciosamente
 
Cesar Magnus Torchia Monteiro Terra
 
 

Av. Doutor Cardoso de Melo, 1470 – Cj. 304 – V. Olímpia

04548-005 - São Paulo – SP

Tel : (55 11) 3842-1847 , 3842-1257

Fax: (55 11) 3842-1262

  

16/01/2017 - Notícia Siscomex Exportação n° 011/2017 - Altera tratamento administrativo de NCMs sob anuência do IBAMA - Madeiras

16/01/2017 - Notícia Siscomex Exportação n° 011/2017

Altera tratamento administrativo de NCMs sob anuência do IBAMA

Com base na Lei n° 12.651/2012, no Decreto 3.607/2000 e na Instrução Normativa IBAMA n° 15/2011, informamos que, a partir do dia 18/01/2017, será alterado o tratamento administrativo das NCM  44071000; 44072910; 44083910; 44032000; 44034900; 44013900; 44089090; 44072100; 44072200; 44079400; 44034100; 44079990; 44013100; 44072500; 44072600; 44079100; 44079200; 44079300; 44079500, conforme abaixo:

1)     Alteração de descrição de Destaque de Mercadoria:

NCM: 4407.10.00 (Mad. Serrada fls. Esp. > 6 mm, De coníferas) – Destaque 02

Nova redação do Destaque: De espécies nativas com espessura superior a 250 mm

NCM: 4407.29.10 (Cedro, serrada Longitud. Fls. Espessura > 6mm) – Destaque 02

Nova redação do Destaque: Madeira com espessura superior a 250mm

NCM: 4408.39.10 (Outrs. Mad. Trop. Obt. p/ corte Polido, Esp. < 6mm) – Destaque 01

Nova redação do Destaque: Espécies constantes nos anexos da CITES

NCM: 4403.20.00 (Outs. Madeiras de Coníferas, bruto, mesmo descascada) – Destaque 01

Nova redação do Destaque: De espécie exótica oriunda de reflorestamento

NCM: 4403.49.00 (Outras madeiras tropicais em bruto) - Destaque     01

Nova redação do Destaque: De espécie exótica oriunda de reflorestamento

NCM: 4401.39.00 (Outs. Serragem desperdícios e resíduos de madeira) - Destaque   01

Nova redação do Destaque: De espécie exótica oriunda de reflorestamento

NCM: 4407.29.10 (Cedro, serrada longitude. Fls. Espessura > 6mm) - Destaque         01

Nova Redação do Destaque: Espécies constantes nos anexos da CITES

NCM: 4408.90.90 (Outras Folhas de Madeira, de Espessura < 6mm) - Destaque         01

Nova redação do Destaque: Espécies constantes nos anexos da CITES

2) Alteração de descrição de destaque e vinculação do IBAMA como anuente:

NCM: 4407.21.00 (Madeira mogno serr. Long. Folhas esp.) – Destaque 02

Nova redação do Destaque: Madeira com espessura superior a 250mm

NCM: 4407.22.00 (Virola, Imbuia, Balsa, serr. Long. Fls. Espe. >6mm) – Destaque 02

Nova redação do Destaque: Madeira com espessura superior a 250mm

NCM: 4407.94.00 (Madeira de Cerejeira Serrada long. Fls. > 6mm) – Destaque 01

Nova redação do Destaque: Madeira com espessura superior a 250mm

 

3) Vinculação do IBAMA como anuente dos Destaques de Mercadoria abaixo:

NCM: 4401.39.00 (Outras -  serragem desperdícios e resíduos de madeira)

Destaque 99 -  Demais

NCM: 4407.21.00 (Madeira mogno serr. long folhas esp. > 6mm)

Destaque 01 - Mogno (Swietenia Macrophylla)

 

4) Exclusão do tratamento Mercadoria da NCM 4403.41.00:

NCM: 4403.41.00 (Dark Red Meranti, Light Red Meranti etc. em bruto)

 

5) Criação de Destaque Mercadoria para anuência do IBAMA:

NCM: 4407.99.90 (Outs. Mat. Serradas ling. fls. Espess. > 6mm)

Destaque 02 -  Espécies constantes nos anexos da CITES

 

6) Exclusão do Tratamento de Destaque Mercadoria para anuência do IBAMA:

NCM: 4401.31.00 (Pallets de madeira)

Destaque 01 - De espécies exóticas

Destaque 99 – Demais

NCM: 4407.10.00 (Madeira serrada cort. Fls. Esp. > 6mm de coníferas)

Destaque 01 - Pinho

NCM: 4407.22.00 (Virola, Imbuia, Balsa, Serra, Long. Fls. Esp. > 6mm)

Destaque  01 - Virola

NCM: 4407.25.00 (Dark e Light Red Meranti, Cort. Fls. Esp. > 6mm)

Destaque 01 - Mad. Com espessura superior a 250mm

Destaque 99 - Demais

NCM: 4407.26.00 (White Lauan, meranti, outs. Serr. Fls. Esp. >6mm)

Destaque 01 - Mad. Com esp. Sup. a 250mm

Destaque 99 - Demais

NCM: 4407.91.00 (Carvalho, serr, cort. Fls. Espessura > 6mm)

Destaque 01 -  Mad. Esp. Sup. 105mm

Destaque 99 - Demais

NCM: 4407.92.00 (Faia, serr, cort em folhas de espessura > 6mm)

Destaque 01 - Mad. Com espessura superior a 105mm

Destaque 99 - Demais

NCM: 4407.93.00 (Madeira de Acer Serr. Long. Folhas > 6mm)

Destaque 01 - Mad. Esp. Sup. 105mm

Destaque 99 - Demais

NCM: 4407.95.00 (Madeira de Freixo Serrada Long. Folhas > 6mm)

Destaque 01 - Mad. Esp. Sup. 105mm

Destaque 99 - Demais

Departamento de Operações de Comércio Exterior

 
 
Atenciosamente
 
Cesar Magnus Torchia Monteiro Terra
 
 

Av. Doutor Cardoso de Melo, 1470 – Cj. 304 – V. Olímpia

04548-005 - São Paulo – SP

Tel : (55 11) 3842-1847 , 3842-1257

Fax: (55 11) 3842-1262

  

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

CEBRI Breaking News: "EUA, China e Rússia: Um Novo Quadro Estratégico?" - 26/01

convite1






This email was sent to cesar@mmt.com.br
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
cebri · Rua Candelária, 9 - 2º andar – Centro – CEP: 20.091-020 · Rio de Janeiro, RJ 20091020 · Brazil